Como vai ser o vestibular com a continuação da pandemia?

Categorias: 2020 - Pandemia - Tendências - Vestibular

Vestibulares tendem a ter mudanças permanentes para os próximos anos. Confira as tendências.



No quadro atual que vivemos em plena pandemia, vestibulares vêem a necessidade de mudar suas rotinas habituais para a realização do exame. Será necessário que os estudantes se atendem aos procedimentos que deverão ser realizados no momento. Os alunos que pretendem ingressar na universidade, devem ficar atentos para as alterações de datas para realização do exame e quanto aos procedimentos específicos que estão programados para os exames presenciais e virtuais. Além da necessidade natural que todas as pessoas vêm enfrentado para superar as dificuldades criadas pela pandemia ocasionada pelo coronavírus, temos como principal meio de combate a propagação da doença o distanciamento social. Os estudantes que concluirão o ensino médio neste final de 2020 têm um desafio ainda maior para os próximos meses: enfrentar o vestibular, que necessariamente neste ano apresentará uma reformulação e novos critérios ou formatos, também impostos pelas estratégias de prevenção e propagação da doença.

Muito além do que estar preparados para resolver questões de múltipla escolha, ou realizar uma redação bem descrita sobre determinado assunto ou realizar cálculos complexos da temida matemática, os aspirantes a uma vaga na faculdade terão que redefinir agendas, acompanhar as recomendações sanitárias e, em alguns casos, adequar o desempenho ao ambiente online, uma vez que diversas universidades realizarão seus processos seletivos de forma virtual. Um exemplo prático que podemos constatar é quanto ao processo seletivo reformulado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), por exemplo. A primeira e a segunda fases do exame, que geralmente ocorrem em novembro do ano vigente e janeiro do ano seguinte, respectivamente, foram reagendadas para janeiro e fevereiro de 2021. A universidade está entre as instituições que definiram por manter as provas de maneira presencial, mas em formatos diferentes das de anos passados. Todas as faculdades têm informado em seus canais de comunicação, que estão optando por medidas rigorosas para assegurar o cumprimento do programa de segurança exigido pelas autoridades sanitárias.

Entre esses cuidados, que mudam de uma escola para outra, estão à realização de exames com turmas com menores alunos, o aumento da quantidade de salas de aula e um maior espaçamento entre as mesas, como forma de evitar aglomerações de pessoas. Um critério comum a esses processos seletivos é o uso obrigatório de máscara pelos estudantes. Outras universidades, entretanto, optaram por inovar e realizar o exame de vestibular de forma totalmente virtual. É o caso das Faculdades de Campinas (Facamp). A Facamp, por exemplo, oferece oito modalidades de curso de graduação.

Os candidatos terão que cumprir duas etapas.A primeira etapa se refere a uma parte social do processo seletivo e o aluno deverá realizar o seu envio através da internet, do histórico escolar e de um vídeo ou se o aluno preferir poderá ser no formato de texto informando todas as suas qualidades e o seu potencial para a vaga. A segunda etapa deste processo está agendada para o final de novembro (28 de novembro), e tem na realização da prova, pela primeira vez, sendo realizada totalmente no ambiente virtual, e será dividida em duas partes: redação e matérias de cunho lógico e questões relacionadas a conhecimentos gerais, cujo peso irá ponderar 60% na nota.



O diretor da universidade, Rodrigo Sabbatini alega, em press release, que o processo de seleção utilizando de prova virtual vai ao encontro do que já é praticado em grande universidade de renome como Harvard, salienta ainda que a metodologia usada no teste irá possibilitar que a universidade avalie melhor as competências e habilidades desempenhadas pelos estudantes.

Infelizmente a pandemia dificultou a maneira como muitas instituições lidavam com os seus procedimentos, e será necessário realinhar os processos neste momento atendendo as exigências sanitárias cabíveis.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *